25 de out de 2016

Ipê Roxo ou Rosa?

Muito utilizado em áreas verdes e arborização urbana, o ipê proporciona conforto ambiental ao interceptar, absorver e refletir os raios solares. As árvores são como bombas hidráulicas que, usando as suas raízes, trazem a água do subsolo para a atmosfera. Elas refrescam e tornam a umidade relativa do ar mais apropriada. Uma árvore isolada pode transpirar 380 litros de água por dia e isso equivale ao uso de cinco aparelhos de ar condicionado médios, funcionando durante 20 horas por dia. Uma energia magnífica e de graça.  Mas, nem só de beleza vive a Mata Atlântica, as características medicinais do Ipê Roxo são conhecidas pelos antigos e já não se perdem como tantas boas tradições. A garrafada, tintura ou chá da entrecasca seca do ipê-roxo são usadas para tratar inflamações, infecção dos rins, problemas de pele, pressão alta, dentre outros.


Roxo ou rosa, o ipê é árvore de extrema beleza que encanta a Mata Atlântica no outono quando sem folhas, se enche de flores, mostrando o motivo de ser escolhido em muitos projetos de reflorestamento.




Em Petrópolis, em fim de junho, quando acontece a Bauernfest - festa do colono alemão, há belos ipês floridos e a Câmara Municipal, também conhecida como o Palácio Amarelo, exibe seu belíssimo ipê. Roxo ou rosa?



Fonte: MMA - Mata Atlântica - Manual de Adequação Ambiental

Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. A flor do ipê é a flor do símbolo nacional.

    ResponderExcluir